23 julho 2008

FLOR DE MAIO



FLOR DE MAIO (Schlumbergera truncata)


Flor-de-maio, flor-de-seda
Família das cactáceas
Origem: América do Sul, Brasil.
Porte: suculenta epífita de até 60 centímetros.
Flores: outono e inverno
Propagação: por sementes e estaquia dos segmentos

O nome é flor de maio mas, sua floração inicia-se em abril, podendo se estender até julho, mas é realmente no mês de maio que ela se encontra no ápice de seu esplendor, tendo, inclusive, se tornado o presente mais apreciado para o Dia das Mães nas floriculturas brasileiras.
Muito difundida pelo mundo, essa planta é sensível à temperatura e a intensidade luminosa, gosta de clima quente e úmido, mas à sombra ou meia-sombra.
No hemisfério norte, floresce próximo ao mês de dezembro. Seu cultivo em vasos requer alguns cuidados, e não se adapta, tampouco, a ambientes com o sol direto, mas não é uma planta de difícil trato. Também são indicadas placas de xaxim para seu cultivo.

Enquanto possui flores, a terra deve receber adubos e regas semanais, ou duas vezes por semana, e depois, quando termina sua floração, as Flores-de-Maio entram em um período de dormência, durante o qual precisam ser regadas apenas a cada dez dias e mantidas em terra simples, sem adição de adubos, mas nessa época precisam de muita luminosidade, ao contrário do período de sua floração, devendo, portanto, ser mantidas no interior da casa apenas quando houver flores.
Na natureza, exige pouco com relação à qualidade do terreno, pois não se instala direto na terra, e sim, procura troncos e pedaços de madeira para se agarrar.


As informações acima ajudam para que você cultive melhor a sua planta, embora a planta geralmente, adapta-se a seu cultivador, então precisamos sempre observar, para que elas em sua época floresçam.

Todas estas fotos são das minhas queridas flores de maio, este ano, não sei se foi por causa da temperatura do planeta que anda mudando, ou se foi pela reforma pela qual passava minha casa, começaram a abrir no final de maio e foram abrindo mes de junho adentro, algumas abriram somente no início de julho.


Algumas de cores diferentes num mesmo vaso, e que lindas ficaram, na época em que estava em botões e logo depois abertas totalmente. Rosas, alaranjadas, brancas, púrpuras, veremelhas...



A foto que está acima no início do post, tem uma flor(a mais aberta) rosa bebê e a outra alaranjada no mesmo segmento. É pena que não dá para ficar fotografando todas, mas já dá para ter uma idéia, da beleza que fica, embora a fotógrafa não seja lá aquelas coisas.



fontes: wikipédia, mundo das plantas
fotos: dete


beijos